Quer contar sobre a sua participação na Meia Maratona das Cataratas 2013??

574666_660083407340416_2101139882_n

Olá, a Meia Maratona das Cataratas 2013 foi uma festa!

2700 atletas, uma energia contagiante durante todo o percurso!

Mas o que queremos mesmo, é saber de VOCÊ, nosso amigo, amiga atleta, como foi a sua participação na meia?

Correu pela primeira vez ou já tem muitas histórias de outras participações para contar?

Bateu record? Correu sozinho (a) ou com amigos(as)?

Enfim, queremos publicar o seu depoimento e dividir essa emoção com todos.

E então, está disposto (a) a nos contar?

Aguardamos o seu contato.

Pode enviar seu relato com fotos, se quiser,

para os e-mails profemarcia1970@gmail.com

ou sidcleinagasawa@hotmail.com.

Contamos com a sua colaboração, afinal esse espaço foi feito por corredores para corredores!

Grande abraço e bons treinos em  seus novos desafios!

DICAS PARA A MEIA MARATONA DAS CATARATAS

evento409_grande

               Olá, a MEIA MARATONA DAS CATARATAS 2013 está chegando, preparamos algumas dicas especiais para essa prova que é considerada uma das mais bonitas do Brasil.

              A meia maratona das Cataratas é a prova mais encantadora do mundo. Não é uma prova difícil, mas se deve tomar alguns cuidados para vencer os 21.097m dentro de uma das 7 maravilhas da natureza.

            Neste ano, a prova será disputada em maio, desta forma, deixamos de ter aquele frio enorme do mês de julho. Em 2011, a temperatura na hora da largada estava próxima a 0ºC. Para compensar, até 2011, a largada era em frente ao Hotel Mabu, a umidade do ar era bem menor. Em 2012, a largada passou a ser dentro do parque, o que aumenta a sensação de frio.

            É preciso tomar muito cuidado com a umidade do ar, pois a corrida é toda dentro do parque, somente a chegada é fora do parque, por outro lado, não se tem sol forte durante o percurso. E por falar em percurso, vamos a ele:

            A largada acontece a pouco mais de dois quilômetros do portão do parque. A largada é feita em terreno plano. Não largue forte! Vá buscando seu ritmo aos poucos. Procure se alinhar conforme seu ritmo. Deixe as posições da frente para os atletas que possuem pace abaixo de 4min/km ou perto disso. Deve-se ter bom senso e não se preocupe, pois o tempo que vale é o tempo líquido.

            Até o km 1, há uma subida e uma descida leves. Seguem-se subidas leves até o km 3,5 – ponto mais alto da prova. O primeiro posto de água se encontra aqui.

            No km 4, há uma descida de pouco mais de 500 m e declive de quase 20 metros. Tome cuidado para não forçar muito. Lembre-se que apenas 1/5 da prova foi percorrido.

            Pouco antes do km 5 se chega ao Macuco Safári. É um ponto psicologicamente importante para os que já conhecem o percurso.

            O percurso se mantém praticamente plano até o km 7,5, poucas e fracas subidas e descidas. No km 6,5 há o segundo posto de água.

            Entre o km 7,5 e o 8 se chega à primeira grande dificuldade do percurso, a subida do Hotel das Cataratas, aproximadamente 500m e aclive de quase 20m. Vencida a subida, tem-se uma grande recompensa, a vista das Cataratas – se o tempo ajudar. Os primeiros a passar geralmente não conseguem ter essa recompensa devido à neblina. Contornando o hotel, vem a descida mais forte da prova, aproximadamente 500m e 30m de declive. Redobre os cuidados, cautela! Cuidado com os joelhos. Depois, subida curta e acentuada e descida da mesma forma. Chega-se ao porto Canoas. Km 9,3.

            O retorno começa com o posto de água no km 9,5, depois se passa pela montanha-russa que se acabou de enfrentar. Pouco depois do km 10, a pior subida da prova, 30m de aclive em aproximadamente 500m. Metade da prova percorrida. Logo após o Hotel das Cataratas, tem-se uma descida forte. Aqui há o posto de isotônico, km 11.

            O percurso segue com subidas leves até o km 13, no km 12,5 há outro posto de água. Entre o km 13 e o 14, descidas leves. Chega-se ao Macuco Safári, 2/3 da prova ficaram para trás. Aqui se tem uma subida forte de 500m. Pouco após o km 15, atinge-se novamente o ponto mais alto da prova. No km 15,5 há outro posto de água.. Depois do km 15, é quase só alegria. Começa-se a descer, descidas leves até o km 19, no km 18,5 passa-se pelo Poço Preto. Quando se chega ao km 19, tem-se uma forte descida, mais de 1 km de descida e mais de 30 m de declive.  A prova termina em subida, pouco menos de 1 km e mais de 20 m de aclive, mas nessa subida, se faltar pernas, sobra coração. Parabéns! Foi vencida a meia maratona das Cataratas. Hora de abraçar os amigos e comemorar muito.

Desejamos a todos uma ótima prova!

Nos vemos lá!

Bons treinos para você!

Texto enviado pelo colaborador corredor Sidclei Nagasawa Costa.

Contato sidcleinagasawa@hotmail.com