E assim nasceu a ACCORRER ASSOCIAÇÃO CASCAVELENSE DE CORREDORES DE RUA.

Olá, estamos aqui hoje para falar um pouco sobre a ACCORRER – ASSOCIAÇÃO DE CASCAVELENSE DE CORREDORES DE RUA.

A ACCORRER é bem novinha, para dizer a verdade tem poucos dias de vida!

???????????????????????????????

Ela nasceu da vontade de um grupo de corredores de rua de CASCAVEL PR em se reunir para promover a qualidade de vida,  a prática esportiva, a união!

Cascavel já teve uma associação, a ACORREVEL, mas infelizmente não existe mais.

Essa ideia teve suas conversas iniciais com um grupo de amigos que foram conversando pelo Facebook, marcaram uma reunião, e na tarde de 13 de julho aconteceu a assembleia para aprovação do estatuto, eleição e posse da Diretoria Executiva e do Conselho Fiscal.

Também conversaram sobre a camiseta que a associação ira usar.

Uma nova reunião já ficou agendada para dia 27 de julho, às 14 horas, na AABB de Cascavel.

Muitas ideias, muita vontade de arregaçar as mangas e agitar as ruas da nossa cidade.

Se você é corredor de rua de Cascavel e quer fazer parte deste novo projeto, a ACCORRER tem um perfil no facebook

https://www.facebook.com/accorrer.cascavel?fref=ts

 

é só adicionar e lá você poderá entrar em contato com a galera ou ainda pelo e-mail

accorrercascavel@gmail.com

Parabéns a todos que deram início à esta ASSOCIAÇÃO, SUCESSO!

A diretoria executiva ficou composta por:
Presidente
Márcia Fontanella
Vice-Presidente
Pedro Marcomini
Secretário Geral
Sidclei Nagasawa Costa
1ª secretária
Angela Rosso
1º Tesoureiro
Ricardo Siebert
2º tesoureiro
Dário Delai
Relações Públicas
Robson Macanhão
1º Diretor Técnico
Edson Hernandes dos Reis
2ª Diretora Técnica
Aniele Mariano
Diretora Jurídica
Fabíola Bogo
Diretor de patrimônio
Fábio Fonseca

???????????????????????????????

O Conselho Fiscal  ficou composto por:
Celso Angelo Scussiato
Wellington Carvalho
Nilmar Olimpio.
Luis Carlos Andrade
Leandro Scussiato

Anúncios

Joelho de corredor’: saiba o que é a condromalácia patelar e como evitá-la.

Olá, hoje vamos falar um pouco sobre a  condromalácia patelar é uma das lesões típicas de corredor. Ela é um dos componentes da síndrome femoropatelar, patologia também chamada de “joelho de corredor”.

Na condromalácia patelar há uma lesão na cartilagem anterior do joelho (patela), que pode ir de um amolecimento até uma perda completa de parte da cartilagem. Alto impacto, desequilíbrio muscular e desalinhamentos que geram sobrecarga no joelho são alguns dos fatores causadores dessa lesão. O diagnóstico e tratamento desses fatores permite o prosseguimento da prática esportiva com grande redução dos sintomas, ou seja, sem dores.

joelho_get

 

O impacto do corpo com o solo na corrida é de aproximadamente 3 vezes o peso do corpo. Esse impacto é absorvido pelo movimento das articulações e depende da contração muscular. Quando há pouca contração muscular para absorver o impacto as articulações recebem um choque grande, sendo o joelho o alvo mais afetado, o que com o tempo vai gerando desgaste na cartilagem.

Desalinhamentos no joelho aumentam a pressão entre a patela e o fêmur (osso da coxa), além de colocarem o membro inferior em uma posição que desfavorece uma boa contração muscular. O principal desalinhamento relacionado à condromalácia é o valgo do joelho (joelho “caindo” para dentro quando o pé está apoiado no chão). Ele acontece na maior parte das vezes devido a uma fraqueza da musculatura lateral do quadril, que deveria sustentar a coxa. Graus acentuados de pronação do tornozelo também podem causar esse tipo de desalinhamento.

Além do valgo, uma flexão exagerada do joelho na fase de apoio, causada por falha na contração do músculo anterior da coxa, gera maior compressão da patela sobre o fêmur. Alta compressão nessa região acontece também em agachamentos muito profundos, que devem ser evitados. No agachamento os joelhos nunca devem ultrapassar a ponta dos pés.

A sobrecarga no joelho pode ter origem também no posicionamento do corpo no momento da aterrissagem do pé no chão. Quanto mais longe o pé aterrissar do tronco, maior é a carga sobre o joelho. Uma passada de corrida ideal é aquela em que o pé vai bem para trás, graças a amplitude de quadril, e quando volta pra frente aterrissa próximo ao tronco e não muito para frente.

Cada caso é único e as causas da condromalácia devem ser diagnosticadas e tratadas individualmente. Porém, de uma forma geral, vale a pena investir na musculatura do quadril e coxa, no treino de absorção de impacto e no padrão adequado de corrida para prevenir e cuidar dessa lesão.

Fonte http://globoesporte.globo.com/eu-atleta/saude/noticia/2013/07/joelho-de-corredor-saiba-o-que-e-condromalacia-patelar-e-como-evita-la.html